As Diferentes Formas de Celebrar o Natal - Obscura Verdade

Apenas os Pequenos Segredos Precisam ser Guardados, Os Grandes Niguém Acredita - Herbert Marshall

Home Top Ad

Responsive Ads Here

24 de dez de 2014

As Diferentes Formas de Celebrar o Natal


Para muitos países, celebrar o Natal é sinônimo de se reunir com os familiares e desfrutar de uma boa ceia natalina. Além de contar com uma refeição composta por peru e uva passa, há também o tradicional pinheirinho e a troca de presentes. Porém, nem todos os lugares comemoram esta ocasião desta forma.

Veja como alguns países celebram o Natal

Austrália: Tanto na Austrália quanto no Brasil, o feriado acontece no verão, porém, eles trocaram o habitual cenário de neve por um clima mais quente. Na véspera, muitas pessoas fazem um piquenique no campo ou na praia. Seu cardápio é variado, que inclui desde os pratos mais tradicionais, como peru e pudim de ameixa, até canguru defumado e molho de brandy. Suas casas geralmente são decoradas com muitas flores e plantas.

China: Mesmo que seja uma novidade a celebração do Natal na China, já há quem monte árvores artificiais em suas casas. As decorações são, na maioria das vezes, compostas por enfeites feitos de papel, flores e lanterninhas. Mesmo assim, crianças aderiram aos velhos costumes de muitos lugares e penduram meias na sala. Lá, o Papai Noel é conhecido como Dun Che Lao Ren (homem velho do Natal, em chinês).

Japão: Pelo fato da maioria de sua população ser budista e xintoísta, a ocasião acaba passando despercebida. Entre os jovens, é uma oportunidade especial para se encontrarem em lanchonetes e comer bolo. Lá há a Santa Claus Academy, uma escola para Papais Noéis, que ensina a fazer o desde o “ho-ho-ho”, até a arte de entregar presentes.


México: Entre os dias 16 a 24 de dezembro ocorrem as Posadas. Elas representam o caminho feito por Maria e José antes de Jesus nascer. Seus participantes vão de casa em casa a procura de abrigo, até serem recolhidos por alguma família. A La piñata é um dos grandes símbolos da festividade no país. Ele é um enfeite repleto de doces, em forma de pássaro, avião ou boneca, que fica pendurado na árvore. As crianças devem usar um bastão para furar (de olhos vendados) os enfeites e fazer os doces caírem.

Rússia: Embora o Natal não seja reconhecido oficialmente, dos dias 25 de dezembro a cinco de janeiro, os russos comemoram o Festival do Inverno. Considera tão importante quanto o nosso Natal, os moradores costumam decorar as “Árvores de Ano Novo”. Há também um personagem semelhante ao Papai Noel, que usa roupa vermelha, barbas brancas e botas pretas.

Suíça: Todo ano há um mergulho coletivo no lago Genebra. Várias pessoas fantasiadas de Papai Noel e rena do nariz vermelho celebram a ocasião. E ainda, há uma competição para premiar o melhor “bom velhinho”. Para isso, é preciso vencer provas como corrida de trenó e escalada de chaminé.

Assim, dá para desejar feliz natal a todo o mundo! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário