A Mulher na Bíblia - Obscura Verdade

Apenas os Pequenos Segredos Precisam ser Guardados, Os Grandes Niguém Acredita - Herbert Marshall

Home Top Ad

Responsive Ads Here

1 de jun de 2013

A Mulher na Bíblia

Que as mulheres evangélicas que me perdoem do que irei falar por aqui, mas que a Bíblia sempre fora preconceituosa perante a mulher isto não devemos negar.

A questão aqui não é falar mal das mulheres e nem ser machista perante a qualquer assunto relatado da imagem feminina.

Quem estudou de fato e a Bíblia e leu a mesma por completo já deve ter reparado que a mulher sempre foi vista de forma inferior a imagem masculina, o que hoje não é o que presenciamos, muitas mulheres conseguem sustentar filhos , trabalhar e fazer várias outras coisas sem nem sequer ter um marido dentro de casa para dar apoio ou alguma coisa para servir de base para a mulher.

A questão que irei abordar a seguir é referente a Bíblia e nada mais, não é o que eu penso , ou pratico ou qualquer algo do tipo, então peço aos cristãos principalmente aos protestantes para que não confundam as coisas, o que irei abordar a seguir é referente a Bíblia e nada mais.
A Bíblia é um livro no qual o machismo é colocado de forma bem evidente. o que causa estranheza é o comportamento da mulher, pois é ela quem mais se apega ao livro “sagrado”.

Antes de abordar algumas questões, fazemos-nos algumas perguntas básicas como.


Quem veio antes? O Homem ou a Mulher?

A mulher sendo tirada da costela do homem não induz a pensarmos (ou, quem sabe, é o que querem que pensemos) que a mulher estaria em condições de inferioridade em relação ao homem? A quem normalmente se atribui a “culpa” pelo pecado “original”, ao homem ou à mulher? Todas as genealogias constantes da Bíblia são feitas em relação aos homens ou em relação às mulheres? A maioria dos personagens em destaque na Bíblia são homens ou mulheres? Entre os 12 discípulos de Jesus tinha algum que não era homem?

Para confirmar o que estamos dizendo, vejamos, nas passagens bíblicas a seguir, alguns exemplos que nos comprovam o evidente machismo impregnado nela:


Genesis 20, 3 – 18: Deus se enfurece com o rei Abimeleque, entretanto o rei não havia tocado em Sara. Ele diz ao rei, “Eis que morto és por causa da mulher que tomaste. ” Deus ameaça matá-lo e tudo a que lhe pertence. Para compensar o crime que ele nunca cometeu, Abimeleque dá a Abraão ovelhas, vacas, escravos, prata, e terra. Finalmente, depois de Abraão rezar, Deus suspende o castigo a Abimeleque, “porque o SENHOR havia fechado totalmente todas as madres da casa de Abimeleque, por causa de Sara.”

Deuteronômio 5, 21: Não cobice a mulher do próximo. (mandamento para os homens).

Deuteronômio 22, 13-15: Se um homem se casa com uma mulher e começa a detestá-la depois de ter tido relações com ela, acusando-a de atos vergonhosos e difamando-a publicamente, dizendo: ‘Casei-me com esta mulher mas, quando me aproximei dela, descobri que não era virgem, o pai e a mãe da jovem pegarão a prova da virgindade dela e levarão a prova aos anciãos da cidade para que julguem o caso.

Deuteronômio 24, 1: Quando um homem se casa com uma mulher e consuma o matrimônio, se depois ele não gostar mais dela, por ter visto nela alguma coisa inconveniente, escreva para ela um documento de divórcio e o entregue a ela, deixando-a sair de casa em liberdade.

Eclesiastes 7, 26: Então descobri que a mulher é mais amarga do que a morte, porque ela é uma armadilha, o seu coração é uma rede e os seus braços são cadeias. Quem agrada a Deus consegue dela escapar, mas o pecador se deixa prender por ela.

Eclesiástico 7, 25: Arrume casamento para sua filha, e terá realizado uma grande tarefa, mas faça que ela se casa com homem sensato.

Eclesiástico 9, 2: Não se entregue a uma mulher, para que ela não o domine.

Eclesiástico 25, 24: Foi pela mulher que começou o pecado, e é por culpa dela que todos morremos.

Eclesiástico 42, 14: É melhor a maldade do homem do que a bondade da mulher: a mulher cobre de vergonha e chega a expor ao insulto.

E para que não fiquemos somente no Antigo Testamento, já que alguém pode alegar que isso é coisa do “Velho”, vejamos também no Novo:

Efésios 5,22-24 Paulo ordena que as esposas se submetam aos maridos como se eles fossem deuses, “porque o marido é a cabeça da mulher.”

1 Coríntios 11, 7-9: O homem não deve cobrir a cabeça, porque ele é a imagem e o reflexo de Deus, a mulher, no entanto, é o reflexo do homem. Porque o homem não foi tirado da mulher, mas a mulher do homem. Nem o homem foi criado para a mulher, mas a mulher para o homem.

1 Coríntios 14, 34-35: Que as mulheres fiquem caladas nas assembléias, como se faz em todas as igrejas dos cristãos, pois não lhes é permitido tomar a palavra. Devem ficar submissas, como diz também a lei. Se desejam instruir-se sobre algum ponto, perguntem aos maridos em casa; não é conveniente que a mulher fale nas assembléias.

Colossenses 3, 18: Mulheres, sejam submissas a seus maridos, pois assim convém a mulheres cristãs.

Apocalipse 17, 1-16: A grande prostituta é descrita como “cheio das abominações e da imundícia da sua prostituição.” Ela tem um sinal bastante grande na testa, e se porá bêbeda com o sangue de santos e mártires, “e a porão desolada e nua, e comerão a sua carne, e a queimarão no fogo.

1 Timóteo 2, 9-14: Quanto às mulheres, que elas tenham roupas decentes e se enfeitem com pudor e modéstia. Não usem tranças, nem objetos de ouro, pérolas ou vestuário suntuoso; pelo contrário, enfeitem-se com boas obras, como convém a mulheres que dizem ser piedosas. Durante a instrução, a mulher deve ficar em silêncio, com toda a submissão. Eu não permito que a mulher ensine ou domine o homem. Portanto, que ela conserve o silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva. E não foi Adão que foi seduzido, mas a mulher que, seduzida, pecou. Entretanto, ela será salva pela sua maternidade, desde que permaneça com modéstia na fé, no amor e na santidade.

Todos nós conhecemos aquela passagem em que os escribas e fariseus apresentando a Jesus uma mulher surpreendida em adultério perguntaram-lhe se deveriam cumprir a Lei de Moisés que exigia o apedrejamento dela. É bom que ressaltemos que se trata realmente de uma Lei de Moisés, pois se fosse Lei de Deus todos os que se dizem seguidores da Bíblia ou os que acham ser ela de capa a capa a palavra de Deus a cumpririam, não é mesmo? Como não vemos, nos dias de hoje, ninguém matando homens ou mulheres que cometeram adultério, fica evidente não se tratar mesmo de uma Lei Divina. Mas, chamamos a sua atenção ao que consta dessa Lei: estabelecia que tanto o adúltero quanto a adúltera deveriam ser punidos com a morte (Levítico 20, 10). Perguntamos, então, aonde foi parar o adúltero? Temos que convir que uma mulher não tem como adulterar sozinha já que, para isso, é necessário um homem.

É a velha questão, numa sociedade machista em que também os homens é que julgavam, será que iriam condenar um homem adúltero? Achamos muito difícil. Assim, a pena cabia apenas às pobres mulheres que cometessem tal delito, contrariando, portanto, o que consta na Bíblia.

Lembramos que o machismo revelado neste post não se dá conta apenas ao antigo testamento, e sim ao novo também , cristãos pensem bem antes de falar que o antigo testamento não “vale” mais. E quanto ao novo?

Por fim concluo que na verdade a Bíblia é estudada de forma errada, as pessoas costumam pregar coisas boas e apenas as coisas boas, mas a Bíblia tem muita coisa não vista e pouco comentada, a Bíblia é estudada de forma incorreta , e sua interpretação é manipulada muitas vezes, no entanto este é o primeiro de muitos textos que virão.

Estarei desvendando as mensagens que ninguém fala sobre o tal livro “sagrado”.

Um comentário:

  1. Eclesiasticos é um apócrifo.
    De resto, estude os textos, vai entender e parar de falar besteira.

    ResponderExcluir